Ensaio clínico randomizado multicêntrico para avaliar a eficácia de injeções intravítreas de bevacizumabe, triancinolona ou de sua combinação no tratamento do edema macular diabético

Ensaio clínico randomizado multicêntrico para avaliar a eficácia de injeções intravítreas de bevacizumabe, triancinolona ou de sua combinação no tratamento do edema macular diabético

Author Oliveira Neto, Hermelino Lopes de Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Mattos Junior, Rubens Belfort Mattos Junior Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Oftalmologia e Ciências Visuais
Abstract In diabetic patients, it is estimated that the risk of blindness is twenty times higher than the normal population and approximately 19% of blindness in the world are caused by diabetes mellitus (DM). In Brazil, diabetic retinopathy (DR), a specific microvascular complication, is among the leading causes of irreversible blindness, affecting 7.6% of the population according to the Ministry of Health, and this disease accounts for 4.6% of severe visual impairments. The diabetic macular edema (EMD) is the primary mechanism for vision lossin patients with non-proliferative DR. It arises due to secondary formation of micro aneurysms, changes in the blood-retinal barrier, increasedinflammation and angigenic factors that promote increase in thevascular permeability abd consequent leakage of fluid and lipids to the retina. The EMD treatment includes laser photocoagulation, intravitreal injection of anti-angiogenic drugs or steroids.The aim of this study was to evaluate and compare the efficacy and adverse effects of intravitreous injections of bevacizumab, triancinolone or their combination in the treatment of clinically significant diabetic macular edema through tests of visual acuity and IOP measurements and central macular thickness. This study included142 patients with diabetic retinopathy and clinically significant macular edema from eight cities. It is a randomized, multicenter and masked study. Patients underwent ophthalmologic examination and optical coherence tomography (OCT). Afterwards they were divided into three treatment groups: (1) Bevacizumab-1.25mg /0.05ml; (2) triamcinolone-4mg /0.1ml; (3) Bevacizumab+triancinolone. The obtained average age was 58.8 years for the BEVACIZUMABE group, 57.1 years for the TRIANCINOLONE group and 61years for BEVACIZUMABE+TRIANCINOLONE group(p =0.716). We observed statistically significant improvement in visual acuity (>4lines) in all groups, comparing the results of week 24 with the baseline visit. At week 24 there was no significant difference in the visual acuity between the 3 groups (p =0.436). It was observed reduction in macular thickness in all thegroups (BEVACIZUMABE=103?m, TRIANCINOLONE=160 micrometres BEVACIZUMABE TRIANCINOLONE+=125um), and the TRIANCINOLONE group showed significantly less thick(247 microns) than the bevacizumab group (287 microns). In all groups, there was an IOP increase, and the TRIANCINOLONE group had higher mean value of IOP throughout the study period (18 mmHg) .The average number of injections was higher in the BEVACIZUMABE group (3.2 injections), followed by BEVACIZUMABE+TRIAMCINOLONE (2.4 injections) and TRIANCINOLONA (2.1injections) group.In this investigation no severe adverse event was observed. At the end of the study, there was no significant difference between the groups regarding the visual acuity, intraocular pressure and central macular thickness.

Nos diabéticos, calcula-se que o risco de cegueira seja vinte vezes maior do que na população em geral e que aproximadamente 19% dos casos de cegueira no mundo sejam causados por Diabetes Mellitus (DM). No Brasil, a retinopatia diabética (RD), uma complicação microvascular específica causada pelo DM, está entre as principais causas de cegueira irreversível, atingindo 7,6% da população segundo o Ministério da Saúde, sendo esta doença responsável por 4,6% das deficiências visuais graves. O edema macular diabético (EMD) é o principal mecanismo de perda da visão em pacientes com RD não proliferativa. O EMD decorre da formação de microaneurismas, alterações da barreira hemato-retiniana, aumento da expressão de fatores inflamatórios e angiogênicos que promovem alteração da permeabilidade vascular e consequente vazamento de fluido e de lipídeos para a retina. O tratamento do EMD inclui a fotocoagulação com raio laser, injeção intravítrea de anti-angiogênicos ou esteróides. O objetivo deste estudo foi avaliar e comparar a eficácia e os efeitos adversos de injeções intravítreas de bevacizumabe, de triancinolona ou de sua combinação no tratamento do edema macular diabético clinicamente significante por meio de exames de acuidade visual, de medidas da espessura macular central e da pressão intraocular (PIO). Foram incluídos neste estudo, 142 pacientes com RD e EMD clinicamente significante, provenientes de oito cidades brasileiras, acompanhados por 24 semanas. O estudo foi randomizado e duplo-cego. Os pacientes foram submetidos a exame oftalmológico e tomografia de coerência óptica (OCT), sendo divididos em três grupos de tratamento: (1) BEVACIZUMABE (BEVA)1,25mg/0,05 ml; (2) TRIANCINOLONA (TAAC)-4mg/0,1ml; (3) BEVA+TAAC. A idade média obtida foi de 58,8 anos para o grupo BEVA, 57,1 anos para o grupo TAAC e 61 anos para o grupo BEVA+TAAC (p=0,716). Observou-se melhora estatisticamente significativa da acuidade visual (> 4 linhas) em todos os grupos, comparando-se os resultados da semana 24 com os da visita inicial (baseline). Na semana 24 não houve diferença significativa entre os grupos (p=0,436) em relação a acuidade visual. Observou-se redução da espessura macular nos três grupos (BEVA=103?m, TAAC=160?m, BEVA+TAAC= 125 ?m), sendo que o grupo TAAC apresentou espessura significantemente menor (247 ?m) do que o grupo BEVA (287 ?m). Em todos os grupos, houve aumento da PIO, sendo que o grupo TAAC apresentou maior valor médio de PIO em todo o período do estudo (18 mmHg). O número médio de injeções foi maior no grupo BEVA (3,2 injeções), seguido do grupo BEVA+TAAC (2,4 injeções) e TAAC (2,1 injeções). Nenhum efeito adverso grave foi registrado. Não se revelaram diferenças significativas nas medidas de PIO, AV e espessura macular do grupo BEVA+TAAC em relação ao tratamento isolado com uma das drogas.
Keywords diabetes
diabetic retinopathy
macular edema
diabetic macular edema
anti-angiogenic vegf
avastin
triamcinolone
diabetes
retinopatia diabética
edema macular
edema macular diabético
antiangiogênicos anti-vegf
bevacizumabe
triancinolona
Language Portuguese
Date 2015-07-31
Published in OLIVEIRA NETO, Hermelino Lopes de. Ensaio clínico randomizado multicêntrico para avaliar a eficácia de injeções intravítreas de bevacizumabe, triancinolona ou de sua combinação no tratamento do edema macular diabético. 2015. 110 f. Tese (Doutorado) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2015.
Research area Medicina
Knowledge area Ciências da saúde
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 110 p.
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=2729475
Access rights Closed access
Type Thesis
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/46624

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account