Situações de vulnerabilidade entre usuários de crack: um estudo qualitativo na cidade de santos

Situações de vulnerabilidade entre usuários de crack: um estudo qualitativo na cidade de santos

Author Andrade, Barbara Batista Silveira Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Tucci, Adriana Marcassa Tucci Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Interdisciplinar em Ciências da Saúde
Abstract The growing of problems associated with crack use in Brazil has drawn the attention of the general population due to the strong social impact. The use of this substance is a public health problem in which the ineffectiveness of coping actions that have been offered has led to a poor results on the its demand. The aim of this study was to understand the context of life of crack users in the Santos city to identify vulnerabilities experienced by them especially in the period before the use of crack. We used a qualitative methodology to get the proposed objective and the data collection instrument was a semi-structured interview. Data were analyzed from the perspective of content analysis. It was interviewed 29 crack users, most of them had poor formal education, history of domestic violence and child labor. The results were systematized from the following thematic categories: “Family”, "Education", "Information about crack" and "Access to health services." In the “Family” category, it was detected the presence of situations of violence between family members and drug use by them. On the theme "Education", it was noted that respondents have little education and historical ties weakened with the school institution. In addition, child labor history was presented by them, may be associated with early school leaving and current difficulties in the labor market. In the category "Information on the crack," revealed the absence of more comprehensive information on drugs. The "Access to health services" is scarce and the services do not seem to be prepared to attend this demand. Conclusion: Even before the crack use, subjects had already several situations in their lives that made them vulnerable to the harmful use of crack and other drugs. Thus, actions focusing in the vulnerabilities discussed in this study can contribute to prevention and health promotion to this population, as well as strategies that focus on those situations during treatment may make it more effective.

A crescente problemática associada ao uso de crack no Brasil tem chamado a atenção da população em geral devido ao forte impacto social causado. O uso dessa substância é um problema de saúde pública no qual a pouca eficácia das ações de enfrentamento que têm sido oferecidas tem conduzido a resultados pouco satisfatórios diante da demanda que se apresenta. Objetivou-se neste estudo compreender o contexto de vida dos usuários de crack do município de Santos para identificar as situações de vulnerabilidade vivenciadas por eles principalmente no período anterior ao uso do crack. Utilizou-se de metodologia qualitativa para atingir o objetivo proposto e o instrumento de coleta de dados foi a entrevista semiestruturada. Os dados foram analisados sob a perspectiva da análise de conteúdo. Foram entrevistados 29 usuários de crack, sendo que a maior parte deles tinha baixa escolaridade, históricos de violência doméstica e de trabalho infantil. Os resultados foram sistematizados a partir das seguintes categorias temáticas: “Família”, “Educação”, “Informações sobre o crack”, e “Acesso aos serviços de saúde”. Na categoria “Família”, detectou-se a presença da situações de violência entre os membros da família e uso de drogas pelos mesmos. No tema “Educação”, notou-se que os entrevistados possuem baixa escolaridade e histórico de vínculos enfraquecidos com a instituição escolar. Além disso, o histórico de trabalho infantil foi apresentado por eles, podendo estar associado ao abandono precoce da escola e dificuldades atuais no mercado de trabalho. Na categoria “Informação sobre o crack”, evidenciou-se a ausência de informações mais abrangentes sobre a droga. O “Acesso aos serviços de saúde” são escassos e os serviços parecem não estar preparados para atender esta demanda. Conclusão: Mesmo antes do início do uso de crack os sujeitos já apresentavam várias situações em suas vidas que os tornaram vulneráveis ao uso prejudicial de crack e de outras drogas. Sendo assim, ações voltadas para as situações de vulnerabilidades aqui discutidas podem contribuir para ações de prevenção e de promoção da saúde dessa população, bem como estratégias que foquem essas situações durante o tratamento podem torna-lo mais eficaz.
Keywords crack cocaine
vulnerability
substance-related disorders
disease prevention
health promotion
crack cocaína
vulnerabilidade
transtornos relacionados ao uso de substâncias
prevenção de doenças
promoção da saúde
Language Portuguese
Date 1905-07-07
Published in ANDRADE, Barbara Batista Silveira. Situações de vulnerabilidade entre usuários de crack: um estudo qualitativo na cidade de santos. 2015. 88 f. Dissertação (Mestrado) - Instituto de Saúde e Sociedade, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), Santos, 2015.
Research area Interdisciplinar
Knowledge area Multidisciplinar
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 88 p.
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=2995911
Access rights Closed access
Type Dissertation
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/46567

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account