Estratégias motoras de crianças com paralisia cerebral na postura sentada durante o alcance anterior

Estratégias motoras de crianças com paralisia cerebral na postura sentada durante o alcance anterior

Author Geraldini, Juliana Maria Savazzi Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Carvalho, Raquel de Paula Carvalho Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Interdisciplinar em Ciências da Saúde
Abstract Cerebral paralysis (CP) describes a group of permanent disorders of the development of movement and posture, causing activity limitation, that are attributed to non-progressive disturbances that occurred in the developing fetal or infant brain. It is common to have deficits in postural control in these children. There is interest in knowing the movement strategies used during the previous range in the sitting posture, since this posture is widely used for children with CP to perform activities of daily living. The objective of this study was to evaluate the motor strategies used by children with CP during the Pediatric Reach Test (PRT) in the sitting posture. This crosssectional, no probabilistic study was composed of aconvenience selected sample of 40 children, aged 6 to 14 years, 20 with clinical diagnosis of CP, classified as I, II and III according to the Gross Motor Function Classification System (GMFCS) in the CP group (CPG)and 20 with typical motor development for the control group (CG), paired by age and gender. After anthropometric data colected, children were evaluated by PRT, which is the anterior reaching until to the limit of stability in sitting posture. The test was recorded and the captured images was used for subsequent three-dimensional reconstruction of the movement. Linear kinematic variables of the movement of the styloid process (displacement, time, mean velocity and deceleration index), and angles (initial and final angle of the shoulder, hip, knee and ankle joints) were analyzed. For the statistical analysis we applied the t-Student test for linear variables, and ANOVA with Bonferroni multiple comparison to the angular variables. The significance level of 0.05 was adopted. There was no difference between groups for the weight and height variables, showing the homogeneity of the sample. The CPG showed lower displacement, time, and mean velocity and higher deceleration index. The angular variables showed that both groups used the same movement strategy, but the children of CPG started the movement with higher shoulder flexion, and knees flexion, indicating that this posture with higher impairments can be a factor for lower distance reached, and negatively influences the level of functionality. We conclude that children with CP have lower performance in anterior reaching test in sitting posture, with lower displacement and motor control compared to their peers with typical motor development, and thechanges of alignment evidenced by children with CP generate compensatorymechanisms that reflected the decreased efficiency of anterior reaching movement.

A Paralisia Cerebral (PC) caracteriza um grupo de desordens do desenvolvimento da postura e movimento devido a uma lesão não progressiva no encéfalo imaturo. É comum a presença de déficits no controle postural nessas crianças. Há o interesse em conhecer as estratégias de movimento utilizadas durante o alcance anterior na postura sentada, uma vez que esta postura é muito utilizadapor crianças com PC para realização de atividades de vida diária. O objetivo desse estudo foi avaliar as estratégias motoras utilizadas por crianças com PC durante o Teste do Alcance Pediátrico (TAP) na postura sentada. Este estudo de corte transversal, não probabilístico, foi composto por uma amostra selecionada por conveniência de 40 crianças, com idade entre 6 e 14 anos, sendo 20 com diagnóstico clínico de PC, classificados como I, II e III segundo a Gross Motor Function Classification System (GMFCS) no grupo PC (GPC) e 20 com desenvolvimento motor típico para o grupo controle (GC), pareadas em relação a idade e gênero. Após a coleta dos dados antropométricos, as crianças de ambos os grupos foram submetidas ao TAP, que consiste na realização do alcance anterior até o limite da estabilidade, na postura sentada. O teste foi filmado e as imagens capturadas para posterior reconstrução tridimensional do movimento. Foram analisadas variáveis cinemáticas lineares do movimento do processo estilóide (deslocamento; tempo; velocidade média e índice de desaceleração), angulares (ângulo inicial e final das articulações de ombro, quadril, joelho e tornozelo). Para a análise estatística aplicou-se o teste tde Student para amostras pareadas para as variáveis lineares, e o ANOVA com comparações múltiplas de Bonferroni para as variáveis angulares. Foi adotado o nível designificância de 0,05. Não houve diferença entre os grupos para as variáveis peso e estatura, evidenciando a homogeneidade da amostra. O GPC apresentou menores deslocamento, tempo, velocidade média e maior índice de desaceleração. As variáveis angulares demonstraram que ambos os grupos utilizaram a mesma estratégia de movimento, porém as crianças do grupo PC iniciaram o movimento com maior flexão de ombro, e menor flexão de joelhos, indicando que essa postura com maiores compensações pode ser um dos fatores para a redução da distância alcançada, e, por conseguinte influencia negativamente a funcionalidade do alcance. Concluímos que as crianças com PC apresentam desempenho inferior no teste de alcance anterior na postura sentada, com menor deslocamento e controle do movimento em comparação a seus pares com desenvolvimento motor típico, e que as alterações de alinhamento evidenciadas pelas crianças com PC geram mecanismoscompensatórios que refletem na diminuição da eficiência do movimento de alcance anterior.
Keywords cerebral paralysis
pediatric reach test
kinematics
physiotherapy
paralisia cerebral
teste do alcance pediátrico
cinemática
fisioterapia
Language Portuguese
Date 2015-02-09
Published in GERALDINI, Juliana Maria Savazzi. Estratégias motoras de crianças com paralisia cerebral na postura sentada durante o alcance anterior. 2015. 85 f. Dissertação (Mestrado) - Instituto de Saúde e Sociedade, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), Santos, 2015.
Research area Interdisciplinar
Knowledge area Multidisciplinar
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 85 p.
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=2724917
Access rights Closed access
Type Dissertation
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/46442

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account