Avaliação do comprometimento da pele no câncer de mama: ultrassonografia pré-operatória e correlação anatomopatológica

Avaliação do comprometimento da pele no câncer de mama: ultrassonografia pré-operatória e correlação anatomopatológica

Author Brandao, Rodrigo Gregorio Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Nazario, Afonso Celso Pinto Nazario Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Medicina (Ginecologia)
Abstract Introduction: The removal of the overlying skin carcinoma is often unnecessary and can compromise the aesthetic result of breast surgery. In the presence of a tumor, the distance between the lesion and epidermis is given relevance in deciding between preserving or resection of skin overlying the cancer, in conservative surgery such as mastectomy. Objectives: To correlate the tumorskin distance obtained in ultrasound and pathological examinations and to establish a relationship between these parameters. Methods: This was a prospective study conducted on 39 women presenting 41 breast tumors who were diagnosed with invasive cancer and were candidates for conservative or radical surgery. Distance measurements between the tumor and skin were performed using preoperative ultrasound examinations and an anatomopathological specimen. Results: The mean distance between the tumour and skin obtained from the ultrasound examinations was 0.8 cm, with a minimum of 0.15 cm and a maximum of 2.43 cm. In the pathological examinations, the mean was 2.21 cm, with values ranging between 0.5 and 5.0 cm. The Pearson correlation between the methods was r = 0.75. Conclusion: The tumour-skin measurements observed during ultrasound examinations were well correlated with those observed during pathological examinations. The distance between the tumor and skin of the breast obtained by sonography is always lower than that obtained in pathology specimen, on average 3.1 times smaller. The intraobserver and interobserver variability in achieving tumor-skin distance through ultrasound and pathology analysis was not significant. The anatomopathological distance between tumor and skin can be estimated by the model: Dpathology = 0.69 + 1.89 x Dultrasound, where D is distance. Breast cancer. Skin. Breast ultrasound. Pathology.

Introdução: A retirada da pele sobrejacente ao carcinoma muitas vezes é desnecessária, e pode comprometer o resultado estético das cirurgias mamárias. Na presença de nódulo, a distância entre a lesão e a epiderme é um dado relevante na decisão entre retirar ou preservar a pele sobrejacente ao tumor. Objetivos: Correlacionar a distância tumor-pele obtida na ultrassonografia e na patologia, e estabelecer uma relação entre elas. Analisar a variabilidade intraobservador e interobservador na obtenção da medida tumor-pele através da ultrassonografia e na avaliação histológica. Métodos: Estudo prospectivo conduzido em 39 mulheres apresentando 41 nódulos mamários com diagnóstico de câncer invasivo, candidatas à cirurgia conservadora ou radical. Foram realizadas três medidas da distância entre o tumor e a pele através da ultrassonografia pré-operatória e no espécime anatomopatológico, por dois observadores independentes. A média das três distâncias foi o valor final. Resultados: A distância média entre o tumor e a pele obtida na ultrassonografia foi de 0,8 cm, sendo a mínima de 0,15 cm e a máxima de 2,43 cm. Na avaliação histológica, a média foi de 2,21 cm, variando entre 0,5 cm e 5,0 cm. A correlação de Pearson entre os métodos foi de r = 0,75. Conclusão: as medidas tumor-pele observadas na ultrassonografia revelaram boa correlação com aquelas observadas na avaliação histológica. A distância entre o tumor e a pele da mama na ultrassonografia é sempre inferior à obtida no espécime anatomopatológico, em média 3,1 vezes menor. A variabilidade intraobservador e interobservador na obtenção da distância tumor-pele através da ultrassonografia e na avaliação anatomopatológica não foi significante. A distância anatomopatológica entre o tumor e a pele pode ser estimada através do modelo: Dpatologia = 0,69 + 1,89 x Dultrassonografia, onde D é a distância.
Keywords breast cancer
skin
breast ultrasound
pathology
câncer de mama
pele
ultrassonografia mamária
patologia
Language Portuguese
Date 2016-05-31
Published in BRANDAO, Rodrigo Gregorio. Avaliação do comprometimento da pele no câncer de mama: ultrassonografia pré-operatória e correlação anatomopatológica. 2016. 62 f. Dissertação (Mestrado) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2016.
Research area Medicina
Knowledge area Ciências da saúde
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 62 p.
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=3636524
Access rights Closed access
Type Dissertation
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/46355

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account