Tratamento das fraturas redutíveis e instáveis da extremidade distal do rádio - ensaio clínico randomizado comparativo dos métodos de fixação com placa volar bloqueada e com fixador externo

Show simple item record

dc.contributor.advisor Belloti, Joao Carlos [UNIFESP]
dc.contributor.author Raduan Neto, Jorge [UNIFESP]
dc.date.accessioned 2016-06-24T15:01:31Z
dc.date.available 2016-06-24T15:01:31Z
dc.date.issued 2015
dc.identifier.citation RADUAN NETO, Jorge. Tratamento das fraturas redutíveis e instáveis da extremidade distal do rádio - ensaio clínico randomizado comparativo dos métodos de fixação com placa volar bloqueada e com fixador externo. 2015. 207 f. Tese (Doutorado em Ciências) – Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo, São Paulo, 2015.
dc.identifier.uri http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/39302
dc.description.abstract Introdução: No tratamento das fraturas instáveis da extremidade distal do rádio não há evidência conclusiva quanto à maior efetividade de um dos métodos de redução e fixação: incruenta com fixador externo (FE) ou aberta com placa volar bloqueada (PVB). Objetivo: O objetivo é determinar qual dos dois métodos é mais efetivo. Métodos: Oitenta pacientes foram incluídos neste ensaio clínico randomizado. O desfecho primário foi o questionário Disabilities of the Arm, Shoulder and Hand (DASH) e a mensuração da dor (EVA). A avaliação final deu-se com 12 meses de pós-operatório. Resultados: Na avaliação final não houve diferença entre os grupos nas avaliações do questionário DASH (3,71 para o grupo PVB e 2,72 para o grupo FE, p=0,58), e da dor pela EVA (0,84 para o grupo PVB e 0,53 para o grupo FE, p=0,39). O tratamento com PVB foi mais efetivo que aquele com FE na avaliação precoce com oito semanas para questionário DASH (21,82 para o grupo PVB e 39,88 para o grupo FE, p=0,0012). No grupo tratado com PVB, houve 11,7% de complicações e, no grupo tratado com fixador externo, 26,3%. Houve três falhas de tratamento no grupo tratado com PVB e nenhuma no outro grupo. Conclusão: Não se aferiram diferenças entre os grupos nas avaliações finais do questionário DASH e da dor pela EVA. Na avalição precoce com oito semanas, houve diferença favorável ao método de PVB. pt
dc.description.abstract Introduction: In the treatment of unstable fractures of the distal radius there is no conclusive evidence about the greater effectiveness of the reduction and fixation methods: bloodless external fixation (BEF) or open locked volar plate (LVP). The goal is to determine which of the two methods is most effective. Methods: Eighty patients were enrolled in this randomized clinical trial. The primary endpoint was the DASH questionnaire and measurement of pain (VAS). The final assessment was given at 12 months postoperatively. Results: In the final evaluation there was no difference between groups in assessments of the DASH questionnaire (3.71 for the LVP group and 2.72 for the BEF group, p = 0.58), and pain by VAS (0,84 to LVP group and 0.53 for the BEF group, p = 0.39). Treatment with LVP was more effective than one with BEF in early evaluation with eight weeks to DASH questionnaire (21.82 for the LVP group and 39.88 for the BEF group, p = 0.0012). In the group treated with LVP, there were 11.7% of complications and, in the group treated with external fixator, 26.3%. There were three treatment failures in the group treated with LVP and none in the other group. Conclusions: There were not assessed differences between groups in the final evaluations of the DASH questionnaire and the pain by VAS. In the early eight week assessment, there was positive difference to the LVP method. en
dc.description.sponsorship Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) pt
dc.format.extent 207 f.
dc.language.iso por pt
dc.publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) pt
dc.rights Acesso aberto pt
dc.subject Fraturas do rádio pt
dc.subject Ensaio clínico controlado aleatório pt
dc.subject Fixação interna de fraturas pt
dc.subject Fixadores externos pt
dc.title Tratamento das fraturas redutíveis e instáveis da extremidade distal do rádio - ensaio clínico randomizado comparativo dos métodos de fixação com placa volar bloqueada e com fixador externo pt
dc.title.alternative Treatment of reducible unstable fractures of the distal radius - randomized clinical study comparing the locked volar plate and external fixator methods. en
dc.type Tese de doutorado pt
dc.contributor.institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) pt
dc.description.sponsorshipID FAPESP: 2012/00806-2 pt
dc.identifier.file Publico-39302.pdf
unifesp.campus São Paulo, Escola Paulista de Medicina (EPM) pt
unifesp.graduateProgram Cirurgia translacional - São Paulo pt



File

Name: Publico-39302.pdf
Size: 3.009Mb
Format: PDF
Description:
Open file

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search


Browse

Statistics

My Account