Burn Specific Health Scale-Brief: tradução para a língua portuguesa, adaptação cultural e validação

Burn Specific Health Scale-Brief: tradução para a língua portuguesa, adaptação cultural e validação

Alternative title Burn Specific Health Scale-Brief: translation into brazilian portuguese, cultural adaptation and validation
Author Piccolo, Monica Sarto Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Gragnani, Alfredo Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Cirurgia translacional - São Paulo
Abstract INTRODUÇÃO: O aumento da taxa de sobrevida dos pacientes com queimaduras, nas últimas décadas, promoveu o aumento da atenção em sua fase de reabilitação e na avaliação da qualidade de vida. Verificou-se que o Burn Specific Health Scale-Brief (BSHS-B) é o instrumento específico mais utilizado mundialmente para esse fim. OBJETIVOS: Traduzir o BSHSB para a língua portuguesa adaptá-lo culturalmente no Brasil e testar suas propriedades psicométricas. . MÉTODOS: O questionário foi traduzido para a língua portuguesa do Brasil, adaptado culturalmente pela metodologia de GUILLEMIN, BOMBARDIER, BEATON (1993) e testado em relação à reprodutibilidade, validade de face, de conteúdo e de construto. A versão traduzida foi aplicada em 92 pacientes com sequela de queimaduras. A consistência interna foi testada pelo alfa de Cronbach. A validação de construto foi realizada correlacionando o instrumento traduzido com os questionários BSHS-R, BurnSexQ-EPM/UNIFESP, Escala de Autoestima de Rosenberg (EAR) e Inventário de Depressão de Beck (IDB), todos já traduzidos para a língua portuguesa do Brasil. RESULTADOS: Na fase de reprodutibilidade o valor geral do alfa de Cronbach foi de 0,85. A correlação linear de Person foi significativa nos três momentos das entrevistas. Na validação de construto observou-se correlação significativa entre os domínios do BSHS-B com os domínios do BSHS-R, com a EAR e com o IDB. Em relação ao BurnSexQ-EPM/UNIFESP a correlação foi significativa entre o domínio conforto social e imagem corporal do BSHSB. CONCLUSÃO: O Burn Specific Health Scale-Brief (BSHS-B) foi traduzido para a língua portuguesa, do Brasil, foi adaptado culturalmente e validado. E passou a ser chamado BSHS-B-Br.

Introduction: Progressive increases in burn trauma survival rates have shifted attention to patient rehabilitation and post trauma quality of life. The assessment of quality of life is strongly dependent on reliable instruments for its measurement. A literature review has revealed that the Burn Specific Health Scale-Brief (BSHS-B) is the instrument most commonly used worldwide. Objectives: We set out to translate the BSHS-B into the Portuguese language, adapting it culturally to the Brazilian population, and testing its psychometric properties. Methods: The questionnaire was translated into Portuguese, culturally adapted and tested for reproducibility, face, content and construct validity. The translated version was tested on 92 burn injury patients. Results: Internal consistency was tested by means of Cronbach´s alpha (0,85). Pearson correlation coefficients were significant at three time points of the reliability analysis. Construct validity was performed correlating the BSHS-B questionnaire with the Burn Specific Health Scale-Revised (BSHS-R), BurnSexQEPM/UNIFESP, and with the Rosenberg Self-Esteem Scale and Beck´s Depression Inventory. A significant correlation was observed between BSHS-B domains and BSHS-R, Rosenberg and Beck domains. A significant correlation was also observed between BSHS-B and the BurnSexQ-EPM/UNIFESP social comfort and body image domains. Conclusion: BSHS-B questionnaire was translated into Portuguese; it is a reliable tool, also in this language, showing face, content and construct validity. The instrument has been named BSHS-B-Br.
Keywords Queimaduras
Qualidade de vida
Sexualidade
Mão
Questionários
Tradução
Burns
Quality of life
Sexuality
Hand
Questionnaires
Translating
Language Portuguese
Sponsor Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Date 2015
Published in PICCOLO, Monica Sarto. Burn Specific Health Scale-Brief: tradução para a língua portuguesa, adaptação cultural e validação. 2015. 177 f. Tese (Doutorado em Ciências) – Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo, São Paulo, 2014.
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 177 f.
Access rights Open access Open Access
Type Thesis
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/39292

Show full item record




File

Name: Publico-39292.pdf
Size: 14.50Mb
Format: PDF
Description:
Open file

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account