Reconstrução óssea aposicional com enxerto xenógeno associado à fração de células mononucleares da medula óssea na calvária de coelhos

Reconstrução óssea aposicional com enxerto xenógeno associado à fração de células mononucleares da medula óssea na calvária de coelhos

Alternative title Appositional bone reconstruction with xenogenous graft associated with bone marrow mononuclear cell fraction in rabbits calvaria
Author Oliveira, Rafael de Mello e Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Ferreira, Lydia Masako Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Cirurgia translacional - São Paulo
Abstract Introdução: A manutenção das características estruturais do tecido ósseo é almejada quando substitutos ósseos são utilizados em procedimentos de enxertia aposicional. Dentro deste escopo, a utilização da fração de células mononucleares da medula óssea visa incrementar os resultados da enxertia óssea com o aumento do contato entre osso e titânio. Objetivo: Avaliar a associação da fração de células mononucleares da medula óssea com enxerto ósseo xenógeno em reconstrução aposicional na calvária de coelhos. Métodos: Doze coelhos da raça Nova Zelândia foram distribuídos, randomicamente, em dois grupos, Grupo Controle (n=6 - substituto ósseo xenógeno) e Grupo Experimental (n=6 - substituto ósseo xenógeno enriquecido com a fração de células mononucleares da medula óssea). Foi criado um modelo de regeneração óssea guiada por meio de dois cilindros instalados na calvária de cada um dos animais. A eutanásia ocorreu após oito semanas sendo analisado: (1) mensuração do volume tecidual formado no interior dos cilindros e (2) Histomorfometria dos parâmetros: Tecido Mineralizado Não Vital (TMNV); Tecido Mineralizado Vital (TMV); Tecido Não Mineralizado (TNM) e Contato Tecido Mineralizado Vital - Titânio (CTMVT). Resultados: As mensurações do volume tecidual formado no interior dos cilindros dos grupos Controle e Experimental demostraram manutenção do volume não havendo diferença entre os grupos. A histomorfometria não demonstrou diferença para os parâmetros TMNV, TMV havendo diferença para o parâmetro CTMVT. Conclusão: A associação do enxerto xenógeno com a fração de células mononucleares da medula óssea, em modelo de regeneração óssea guiada, aumenta a área de contato do tecido mineralizado vital com o titânio.

Purpose: This study investigated the combination of a bone marrow mononuclear fraction with a bone xenograft material in an appositional bone regeneration technique. Methods: Twelve New Zealand rabbits were randomly divided into two groups of six animals. Bone reconstruction situations were created using titanium cylinders filled with xenograft in Control group and xenograft enriched with the bone marrow mononuclear fraction in Experimental group. Two cylinders were adapted onto the calvaria of each animal. The bone marrow aspirate was obtained from the tibia of every animal. After 8 weeks, the animals were sacrificed and their parietal bone fixed in 10% formalin for analysis: (1) clinical measurement of the bone volume formed inside the cylinders and (2) histomorphometric evaluation of parameters such as vital mineralized tissue (VMT), non-vital mineralized tissue (NVMT), non-mineralized tissue (NMT) and vital mineralized tissue in contact with titanium (VMTCT). Results: The clinical measurements of groups 1 and 2 demonstrated a bone volume gain of 88.36+25.97% and 98.96+0.00%, respectively. Histomorphometry demonstrated a VMT of 18.96+9.00% and 28.02+8.76%; NVMT of 28.43+2.44% and 25.57+2.33%; NMT of 52.61+10.80% and 46.42+10.06%; VMTCT of 4.98+4.30% and 27.29+9.58%, respectively. Conclusion: The results from this study suggest that the use of the bone marrow mononuclear fraction can improve bone healing and the level of osseointegration.
Keywords Medula óssea
Osseointegração
Coelhos
Enxerto xenógeno
Bone marrow
Bone regeneration
Cell Transplantation
Stromal cells.
Language Portuguese
Sponsor Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Date 2014
Published in OLIVEIRA, Rafael de Mello e. Reconstrução óssea aposicional com enxerto xenógeno associado à fração de células mononucleares da medula óssea na calvária de coelhos. 2014. 118 f. Dissertação (Mestrado em Ciências) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo, São Paulo, 2014.
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 118 f.
Access rights Open access Open Access
Type Dissertation
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/39281

Show full item record




File

Name: Publico-39281.pdf
Size: 3.014Mb
Format: PDF
Description:
Open file

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account