Análise da ação do laser de baixa intensidade na expressão dos receptores Fas e TRAIL em mucosite induzida por 5-Fluorouracil em hamsters.

Análise da ação do laser de baixa intensidade na expressão dos receptores Fas e TRAIL em mucosite induzida por 5-Fluorouracil em hamsters.

Alternative title Analysis of low level intensity laser action in the expression of Fas and TRAIL receptors in mucositis induced by 5- fluorouracil in hamsters
Author Souto, Marcos Antonio Arruda Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Alves, Maria Teresa de Seixas Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Patologia – São Paulo
Abstract Estima-se que 5% a 15% dos pacientes podem ser acometidos de mucosite grave. Uma opcao terapeutica promissora e o laser de baixa intensidade. Mucosite culmina com agressao e apoptose de celulas da camada basal. Objetivo: Analisar a acao do Laser de Baixa Intensidade na expressao Fas e TRAIL em mucosite induzida por 5-Fluorouracil em hamsters. Metodologia: Utilizamos 45 hamsters Sirios Dourados (Mesocricetus auratus), distribuidos em tres grupos: G I ulceracao; G II quimioterapico e ulceracao e G III quimioterapico, ulceracao e LBI. Inducao realizada com duas doses de 5-FU por injecao intraperitoneal e ulceracao com agulha G18 no dia 03, eutanasia no D07. Os dados coletados do estudo receberam tratamento estatistico de analise multifatorial: Analise de Variancia (ANOVA), correlacao de Pearson, Teste Qui-quadrado e Teste nao parametrico de Mann-Whitney, todas as analises com nivel de significancia de 5%. Utilizamos coeficiente de Correlacao de Spearman e teste de comparacoes multiplas de Tukey para verificar onde ocorreu a diferenca. A imuno-expressao foi mensurada no epitelio no aumento de 400x. Resultados: G I teve menor variacao de peso. O G III apresentou correlacao significante entre grau de mucosite e variacao de peso (p= 0,022). No D07, clinicamente os animais estavam assim distribuidos: quatro (8,9%) grau 1; treze (29%) grau 2; quinze ( 33%) grau 3; nove (20%) grau 4 e quatro (8,9%) grau 5 e histopatologicamente, no GI nove (60%) tinham grau 1 e seis (40%) grau 2; no G II sete (46,7%) grau 1 e oito (53,3%) grau 2 e no G III dois (13,3%) grau 1 e treze (86,7%) grau 2. Correlacao significante no G I da histologia e variacao de peso com Fas e TRAIL. Significancia no G II entre clinica e Fas. Na correlacao entre a clinica e TRAIL, significancia no G III e entre Fas e TRAIL, significancia para G I e II. Conclusao: Diferenca significativa apenas entre os G I e III para clinica e histologia. Nao significante entre os G II e III com relacao a expressao de TRAIL e Fas. Alta expressao de TRAIL no grupo laser pos-quimioterapia que se correlacionou a clinica e histologia. Nao significante a expressao do Fas em nenhum dos grupos do experimento. Houve correlacao entre os G I e II na histologia e clinica, respectivamente. O TRAIL e o FAS se correlacionaram apenas nos G I e II. No periodo do experimento, LBI nao induziu diferenca na expressao imunoistoquimica do Fas e TRAIL durante a mucosite oral induzida por 5-Fluorouracil em hamsters
Keywords Animais
Terapia a Laser de Baixa Intensidade
Apoptose
Mucosite
Quimioterapia
Cricetinae
Animais
Language Portuguese
Date 2013
Published in São Paulo: [s.n.], 2013. 99 p.
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 99 p.
Access rights Closed access
Type Dissertation
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22752

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account