Qualidade de vida e auto-estima em pacientes submetidos à ritidoplastia

Show simple item record

dc.contributor.advisor Ferreira, Lydia Masako [UNIFESP]
dc.contributor.author Alves, Marcos Chaves de Arruda [UNIFESP]
dc.date.accessioned 2015-12-06T23:03:13Z
dc.date.available 2015-12-06T23:03:13Z
dc.date.issued 2004
dc.identifier.citation ALVES, Marcos Chaves de Arruda. Qualidade de vida e auto-estima em pacientes submetidos à ritidoplastia. 2004. 109 f. Dissertação (Mestrado) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo. São Paulo, 2004.
dc.identifier.uri http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/18838
dc.description.abstract No periodo de Setembro de 2002 a Dezembro de 2003, trinta e duas pacientes brancas, com ritidose facial, entre 46 e 68 anos, sem qualquer procedimento cirurgico facial previo, foram selecionadas consecutivamente, segundo lista de espera. Foram realizadas avaliacoes na fase pre-operatoria e apos dois e seis meses da cirurgia. Para avaliacao da qualidade de vida foi utilizado o questionario The Medical Outcomes Study 36-item Short-Form Health Survey (SF-36), instrumento de avaliacao de Saúde generico, composto por 36 itens que compreendem a qualidade de vida em oito dimensoes, e para avaliacao da auto-estima foi utilizada Escala de Auto-estima Rosenberg UNIFESP-EPM, instrumento especifico de avaliacao de qualidade de vida, formado por 10 questoes abrangendo um unico dominio, a auto-estima. Para o SF-36, cada dimensao foi analisada individualmente e apresentou um escore que variou de zero a 100, sendo zero o pior estado de Saúde e 100 o melhor. Para a escala de auto-estima, apenas um valor era obtido e que variou de zero a 30, sendo zero o melhor estado de auto-estima e 30 o pior. A analise inferencial foi realizada atraves da Analise de Variancia em Blocos. sendo complementada pelo metodo de Bonferroni. A ritidoplastia promove alteracoes positivas tanto na esfera fisica, quanto psicologica e social das pacientes. Alteracoes positivas significantes foram obtidas em quatro dos oito aspectos avaliados pelo SF-36, e o escore medio da escala de auto-estima passou de 6,62 no pre-operatorio para 2,13 no sexto mes pos-operatorio. No presente estudo, o SF-36 e a Escala de Auto-estima Rosenberg UNIFESP-EPM mostraram-se validos para avaliar o estado de Saúde das pacientes com ritidose facial e detectar mudancas positivas na qualidade de vida destas mesmas pacientes apos a ritidoplastia pt
dc.format.extent 98 p.
dc.language.iso por
dc.publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
dc.rights Acesso aberto
dc.subject Ritidoplastia pt
dc.subject Qualidade de Vida pt
dc.subject Autoimagem pt
dc.subject Cirurgia Plástica pt
dc.title Qualidade de vida e auto-estima em pacientes submetidos à ritidoplastia pt
dc.title.alternative Quality of life and self-esteem among patients submitted to rhytidoplasty en
dc.type Dissertação de mestrado
dc.contributor.institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
dc.identifier.file Tese-8552.pdf
dc.description.source BV UNIFESP: Teses e dissertações
unifesp.campus São Paulo, Escola Paulista de Medicina (EPM) pt
unifesp.graduateProgram Cirurgia Translacional – EPM pt



File

Name: Tese-8552.pdf
Size: 2.674Mb
Format: PDF
Description:
Open file

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search


Browse

Statistics

My Account